Avaliação de Desempenho por Competências

O que é
A avaliação de competências é uma forma menos subjetiva para analisar a entrega de conhecimentos, habilidades e atitudes necessários ao atendimento das metas da organização.

Como fazer
Cada função ou grupo de funções deve ter competências específicas a serem avaliadas, desde que sejam conhecimentos, habilidades e atitudes observáveis durante as atividades diárias do colaborador ou líder.

O processo deve ser implantado em fases e as primeiras avaliações precisam ter como objetivo principal o aprendizado e a experimentação do método. Isso significa que não deve ser vinculada à premiações ou bônus até que o processo esteja maduro.

Normalmente inicia com autoavaliação + avaliação do líder direto pelo menos nas duas primeiras vezes. Em seguida, incluem-se liderados avaliando líderes diretos. Por fim, acrescenta-se pares e públicos externos, realizando uma avaliação 360o.

Avaliações eficientes são práticas, rápidas e focadas, por isso defina entre 5 e 8 competências por função e garanta que todos os avaliadores ofereçam feedback individual ao final do processo.

Outro ponto importante é a escala. Lembrando que as escalas pares (ex: 1-4) garantem menos notas “neutras” e fazem com que o avaliador não fique em uma zona confortável, pontuando os colaboradores na opção central.

Qual a frequência da aplicação?
Deve ser realizada no mínimo a cada seis meses. Visto que inúmeras pesquisas tem comprovado a ineficácia das avaliações anuais, sugerindo uma frequência maior que garanta a mensuração dos resultados no curto prazo. Nossa sugestão é ao menos 3x no ano.